TECNOLOGIA

Publicado em 05 de Dezembro de 2017 11:47

Google lança Files Go, app que libera espaço interno de smartphones

Publicado por Thaís Albuquerque Expirado
Google lança Files Go, app que libera espaço interno de smartphones

Durante testes, brasileiros conseguiram liberar até 1 GB de espaço no aparelho.

O Google lançou nesta terça-feira (5) o Files Go, aplicativo para controlar o armazenamento interno de smartphones. Em poucos passos, é possível excluir arquivos dispensáveis para evitar que o aparelho trave por falta de espaço.
O programa é outro desenvolvido pela empresa para atender consumidores de países emergentes. Na semana passada, o Google já havia anunciado o Datally, que gerencia o gasto de internet móvel pelo celular.
Disponível apenas para celulares que rodam o sistema operacional Android (a partir do Lollipop 5.0), o Files Go estava em fase de testes desde novembro deste ano.
Nesse primeiro momento, os brasileiros foram os testadores mais ativos. Conseguiram liberar, em média, 1 Gigabyte em seus celulares após usar o app.
Algumas soluções presentes no aplicativo já eram fornecidas por serviços de outras empresas ou estavam presentes no Android, mas de forma descentralizada.
Controle
Ao instalar o Files Gom, o aplicativo faz um diagnóstico do espaço útil e quanto dele já está sendo ocupado –esse recurso está presente em boa parte dos smartphones. Antes de tudo, ele permite que o usuário veja quais programas mais consomem memória interna.


Limpeza

A partir daí, o Files Go começa a sugerir ações para poupar espaço, como sugerir:
excluir aplicativos não usados nas últimas semanas;
apagar o cache (arquivos salvos na memória) de aplicativos;
deletar de arquivos grandes e imagens repetidas.
Transferência
O aplicativo possui ainda um sistema de transferência de arquivos que não usa dados de celulares e funciona apenas para celulares próximos um do outro. Trocas de dados com essas características geralmente são feitas por Bluetooth.
O Files Go, no entanto, cria uma rede própria, rápida e criptografada entre os dois aparelhos envolvidos. Isso faz com que os envios sejam mais ágeis. A velocidade pode chegar a até 125 Megabits por segundo.

Fonte: g1.globo.com